[Meu caminho até aqui] Conheça a história de Arindha Rossignoli na Enfermagem

A paixão pelo cuidado e a relação transformadora com a Urgência e Emergência marcaram a trajetória de Arindha Rossignoli, que conta a sua história em vídeo

 

Arindha Rossignoli estava longe de ter o perfil recomendado para atuar na Saúde: nunca pensou em ser da área e tinha pavor de sangue. Por isso, brinca que sua experiência na Enfermagem começou no “susto”.

O início de tudo foi certamente em uma situação inesperada, quando uma pessoa próxima foi internada em uma UTI. Em um banco próximo da porta, observava o movimento do hospital, com pacientes vindo a óbito ou se recuperando. A visão provocou uma vontade que nem sabia que tinha, de fazer parte daquele esforço para o cuidado:

 

“Isso foi mexendo comigo, me marcando e despertando em mim uma curiosidade. Eu comecei a pensar: ‘Eu quero ajudar, quero fazer algo por essas pessoas da mesma maneira que hoje estão fazendo por essa pessoa que eu gosto tanto'”  – Arindha Rossignoli

 

Mesmo não sabendo muito sobre a Enfermagem, Arindha começou a faculdade. E durante o curso foi se descobrindo mais ainda, ficando, em suas palavras, “completamente apaixonada” pela profissão. O momento definitivo para essa paixão foi quando conheceu a Liga do Trauma e, por ela, a Urgência e Emergência e o Atendimento Pré-Hospitalar. Até o primeiro momento dentro de uma ambulância foi transformador para a enfermeira e a motivação para melhorar cada vez mais a fez buscar uma pós-graduação em Urgência e Emergência. Hoje ela passa esse conhecimento e alegria para profissionais em cursos de extensão no IESPE.

Assista o vídeo abaixo e conheça a trajetória da enfermeira Arindha Rossignoli, que também compartilha uma história comovente de atendimento:

 

 

Conheça as pós-graduações em Enfermagem da UniRedentor que estão disponíveis no IESPE. A instituição também oferece cursos de extensão na área, inclusive capacitações para o concurso do SAMU.