A importância do Design Paramétrico e o uso do SketchUp na Arquitetura

Já ouviu falar da ferramenta SketchUp? Ele e muitos outros softwares se tornam cada dia mais relevantes na criação de projetos

Como uma metodologia de projeto, o Design Paramétrico começa a ganhar mais adeptos no Brasil. E de que foma podemos defini-la? Simplesmente como o resultado de um conjunto de técnicas projetuais controladas por parâmetros desenvolvidos através do computador. Quando definimos estes parâmetros, uma série de opções formais é gerada para atender a um objetivo esperado. Assim, adicionam-se novas possibilidades na lógica do processo criativo. Ao invés de partir de uma ideia formal determinada, são estabelecidas as diretrizes ou parâmetros que possam gerar possibilidades diversificadas para retroalimentar o processo criativo com novas ideias.

Por exemplo, quando se faz uma maquete topográfica, determina-se que as curvas de nível serão geradas com desníveis de um em um metro. Deste modo, é possível reconstituir uma topografia irregular em escala pelo corte exato das curvas em placas com espessuras que representam este desnível. Com a sobreposição das camadas é reconstituído o modelo. Se este procedimento for alterado para curvas de nível a cada cinco metros ou a cada 0,25 metros a característica volumétrica do modelo será diferente.

Outro exemplo são os parâmetros de conforto térmico e acústico criados para determinar formas. Ao definir os tipos de aberturas, brises ou mesmo os volumes edificados em relação à orientação solar ou em relação a uma avenida muito movimentada, os resultados serão diversas alternativas com desempenho térmico e acústico de variados níveis, até que se alcance o melhor resultado.

Portanto, o design paramétrico está muito mais próximo do arquiteto do que se imagina. Os diferentes resultados variam conforme a complexidade das técnicas paramétricas, podendo-se utilizar métodos assistidos por computador, como softwares avançados da área do design industrial de navios e aviões, ou até mesmo parâmetros desenhados manualmente sobre o papel manteiga, como uma malha estrutural que irá guiar o projeto de um edifício.

Restaurante BANQ. Projeto: Nader Tehrani e equipe. Boston, 2008.
Restaurante BANQ. Projeto: Nader Tehrani e equipe. Boston, 2008.

A facilidade do SketchUp como ferramenta de criação

Metropol Parasol. Projeto: Jürgen Mayer. Sevilha, 2011
Metropol Parasol. Projeto: Jürgen Mayer. Sevilha, 2011

Por incrível que pareça, projetar com um pensamento em design paramétrico ainda é um exercício pouco comum no Brasil, muito em função do ensino não adotar essa prática, de um modo geral. Muito embora esta realidade esteja mudando rapidamente no meio acadêmico, o mais comum é estabelecer um sistema modular após o desenho das plantas, cortes e fachadas e não o inverso. O computador ainda é visto como uma ferramenta de auxílio ao projeto, que dá suporte e viabiliza uma ideia pré-concebida. Este pensamento desmerece os recursos aplicados em hardware e software, que oferecem um enorme potencial de processamento, não amplamente aproveitado.

Para começar a projetar com metodologia paramétrica não é preciso saber programar e nem aprender os softwares mais complexos. Por isso, se a intenção é iniciar de um modo mais intuitivo, sem entrar em programação, mas criando geometrias paramétricas básicas, pode-se utilizar o famoso software SketchUp com plug-ins instalados com estes recursos. Isto vai facilitar a aprendizagem e abrir novos horizontes, incentivando a sua entrada no fantástico universo do design paramétrico.

Considerando que os softwares fornecem a descrição completa das estruturas a serem construídas, o próximo passo é enviar os dados para cortadoras a laser ou impressoras 3D. O processo de construção industrial oferece mais precisão, menos tempo consumido e qualidade muito superior ao convencional. Sem falar que o detalhamento tridimensional do projeto vai dispensar a produção de inúmeras pranchas de desenho e muitas horas desperdiçadas, enquanto mais investimento pode ser dado ao processo criativo.

Deste modo, podemos concluir que o design paramétrico, em pouco tempo, poderá abrir novas possibilidades no campo da Arquitetura e Urbanismo ao utilizar as potencialidades dos recursos computacionais em prol de um processo criativo. Ao dominar estes recursos, os profissionais finalmente podem alavancar seus projetos da prancheta eletrônica para a fabricação digital.

Curso de SketchUp promovido pelo IESPE

O curso ensina a modelar estruturas paramétricas com recursos de plug-ins do SketchUp, como SandBox, Slicer e Extrude Tools, apresentando uma introdução ao design paramétrico através de ferramentas básicas de modelagem numericamente controlada. Serão discutidos os conceitos e as ferramentas para desenvolver metodologias com técnicas de parametria aplicadas a projetos, habilitando os alunos no uso desta tecnologia. O curso apresenta uma metodologia de aulas expositivas, exercícios práticos apoiados em apostilas e tutoriais, com avaliações constantes. Para gerar imagens de alto impacto e impressionar os clientes, o curso oferece também o ensino da renderização dos modelos com o software Lumion, que será discutido em outro artigo.

Autor:

Bruno Ribeiro Fernandes
Arquiteto e Urbanista
Arquiteto e Urbanista (UFJF 2000), mestre em Projeto e Tecnologia do Ambiente Construído (UFSC 2006), doutor em Projeto de Arquitetura (FAUUSP 2012). Foi coordenador de projetos no escritório Arquiteto Pedro Taddei e Associados em São Paulo (2008-2017), onde desenvolveu projetos de obras públicas de grande porte como o Centro Paula Souza e ETEC Sta. Ifigênia (premiado como obra referencial de 2013), o Poupatempo Lapa, a Fábrica de Cultura do Parque Belém, o Campus da Unesp Barra Funda, o Terminal Metropolitano Luiz Bortolosso da EMTU e as estações ferroviárias Franco da Rocha, Miguel Costa, Jundiaí, Francisco Morato e Perus da CPTM. Professor nos cursos de graduação na Universidade Nove de Julho, Faculdade Metodista Granbery e Rede de Ensino Doctum e na pós-graduação lato sensu em Engenharia de Projetos Industriais no Centro Universitário Newton Paiva e em Acessibilidade na Universidade Nove de Julho. [Lattes]
Compartilhe!

1 comentário em “A importância do Design Paramétrico e o uso do SketchUp na Arquitetura”

Deixe um comentário

Tem interesse? Clique aqui Insira o seu endereço de e-mail abaixo que entraremos em contato assim que as matrículas forem abertas.
E-mail Não iremos compartilhar o seu endereço de e-mail com ninguém.