Para nós DST não é brincadeira e para você?

Campanha do IESPE busca conscientizar alunos e colaboradores sobre ISTs e DSTs

Para o IESPE, abordar o assunto doenças sexualmente transmissíveis (DST) não é um tabu e sim uma questão de saúde. Seguindo as ações preventivas do Governo Federal e com o intuito de conscientizar nossos alunos de pós-graduação e extensão e também colaboradores, o IESPE lançou a campanha #Curtiçãocomprevenção. Realizamos ações de conscientização durante o nosso mês de Carnaval, com distribuição de preservativos, materiais e vídeos informativos, abordando a questão das DST e temas variados relacionados à saúde e aos cuidados que devem ser tomados não só no carnaval e sim ao longo da vida.

Durante a Campanha #curtiçãocomprevenção foram colocados a disposição dos alunos e colaboradores preservativos .
Durante a Campanha #curtiçãocomprevenção foram colocados a disposição dos alunos e colaboradores preservativos .

Aumento nos casos de ISTs e DSTs no Brasil

Dados do Ministério da Saúde demonstram que a população entre 25 e 39 anos é a mais suscetível a contrair doenças sexualmente transmissíveis. Nos últimos anos aumentou o número de casos dessas doenças, principalmente em relação à sífilis. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença atinge mais de 12 milhões de pessoas no mundo. Em 2017, foram notificados no Brasil 119.800 casos de sífilis adquirida, 49.013 casos em gestantes, 24.666 ocorrências de sífilis congênita.

O supervisor de ensino e enfermeiro intensivista titulado ABENTI/AMIB, Marcos Schlinz, destacou que campanhas como essa são de extrema importância, principalmente em épocas festivas como o carnaval. “No Carnaval, os ânimos ficam alterados, e às vezes o senso de responsabilidade e autocuidado também ficam alterados, e é aí que ‘mora o perigo’. Muitas pessoas acabam se relacionando sexualmente sem nenhum tipo de método de proteção, correndo o risco de adquirir alguma ISTs / DSTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis). É importante destacar que algumas delas são letais e outras causam sequelas graves, como por exemplo a Sífilis que pode causar a esterilidade ou infertilidade, bem como danos nas estruturas da pele e órgãos vitais”.

A OMS estima a ocorrência de mais de um milhão de casos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) por dia no planeta. A melhor forma de evitar o contágio é usando preservativo em todas as relações.  “O uso de preservativo não pode ser banalizado, é importante e indispensável. Seja responsável contigo e com os outros”, orientou Marcos.

Durante a Campanha #curtiçãocomprevenção foram colocados a disposição dos alunos e colaboradores preservativos .
Durante a Campanha #curtiçãocomprevenção foram colocados a disposição dos alunos e colaboradores preservativos .
Cartazes informativos da Campanha de Carnaval do IESPE.
Cartazes informativos da Campanha de Carnaval do IESPE.
Compartilhe!

Deixe um comentário

Tem interesse? Clique aqui Insira o seu endereço de e-mail abaixo que entraremos em contato assim que as matrículas forem abertas.
E-mail Não iremos compartilhar o seu endereço de e-mail com ninguém.