Mudança no concurso SAMU 2017: cargos de nível médio não terão mais prova de títulos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter

Entenda por que os cursos de extensão ainda serão necessários e conheça opções disponíveis para o bom desempenho nas provas práticas

 

O CISDESTE, órgão responsável pela realização do concurso SAMU 2017, divulgou este mês uma série de modificações no edital. E a principal delas diz respeito à prova de títulos, que agora será exclusiva dos cursos de nível superior. Mas os que almejam um emprego no nível médio devem ficar atentos: realizar os cursos de extensão é de muita importância para a prova prática, que agora é etapa eliminatória do concurso e, diante da modificação, será ainda mais valorizada pela banca de avaliadores.

O regulamento oficial recentemente lançado exige uma atuação rápida e eficiente dos candidatos, que devem percorrer duas estações atendendo casos específicos e utilizando conhecimentos da clínica e do trauma. E o atendimento inseguro, incorreto e/ou que ultrapassa o tempo estipulado resultará na eliminação do profissional. Somente através de uma preparação sólida, com professores experientes e que já passaram por processo seletivos semelhantes será possível realizar uma atuação completa.

Para aumentar as suas chances de ingressar no SAMU, separamos um resumo dos dados importantes, conhecimentos e cursos necessários para a avaliação em todos os cargos:

 

Inscrições: www.ibgpconcursos.com.br/concursos/detalheconcurso.aspx?id=45

Prazo: estendido para às 15h59min do dia 22 de setembro de 2017

 

Prova prática (percurso de manobras de suporte básico ou avançado à vida)

O Regulamento das provas práticas do concurso SAMU 2017 já foi divulgado pelo CISDESTE e está disponível no site oficial. De acordo com o documento, a avaliação será em uma sala composta por duas estações (clínica e trauma) e em cada uma o candidato deverá percorrer uma “trilha” de socorro. Cada caso será divulgado no momento do atendimento, portanto, o profissional deverá dominar todos os procedimentos exigidos e suas especificações para cada situação e perfil de paciente. Confira abaixo os cursos de preparação para a prova de acordo com os conhecimentos exigidos:

 

Cursos para a Estação 1 – Clínica:

BLS – Basic Life Support

A identificação e atendimento do paciente deve ser rápida e realizada com excelência na prova prática. O curso da AHA – American Heart Association prepara para a reanimação Cardiopulmonar de adultos e crianças incluindo o uso do desfibrilador externo automático e conhecimentos sobre a ventilação e manobra de desengasgo. Corresponde, portanto, às seguintes habilidades exigidas:

  • Identificação da emergência
  • Reanimação cardiopulmonar adulto e pediátrico
  • Ventilação de resgate

Indicação: todos os cargos

 

ACLS – Advanced Cardiovascular Life Support

O curso habilita o profissional de saúde no atendimento à parada cardíaca no indivíduo adulto, através do conhecimento aprofundado das particularidades e procedimentos médicos possíveis para uma ressuscitação eficaz. Com informações e técnicas avançadas em Suporte de Vida, ele garante uma abordagem completa do paciente, que é capacidade essencial na prova.

  • Identificação da emergência
  • Reanimação cardiopulmonar adulto e pediátrico (avançado)
  • Ventilação de resgate (avançado)

Indicação: médicos e enfermeiros

 

PALS – Pediatric Advanced Life Support

Caso o atendimento apresentado na prova prática do SAMU seja de uma criança, é necessário que o profissional tenha conhecimentos aprofundados sobre a abordagem desse tipo de paciente. Com uma ementa completa sobre todos os estágios desse procedimento, o curso da AHA – American Heart Association será ainda de muito valor para o currículo e experiência do candidato.  Ele possui os seguintes conhecimentos exigidos na prova:

  • Ventilação pediátrica
  • Reanimação cardiopulmonar pediátrica

Indicação: médicos e enfermeiros

 

Ventilação Mecânica em Adultos (8h)

O curso se aprofunda nos conhecimentos necessários para médicos e enfermeiros na obtenção avançada das vias aéreas. Além de se aprofundar na anatomia, fisiologia e bioquímica respiratória, ensina conceitos exigidos especificamente na avaliação para esses cargos:

  • Obtenção avançada das vias aéreas (abertura e manutenção)
  • Tubo orotraqueal
  • Tubo e máscara laríngea

Indicação: médicos e enfermeiros

 

 

Cursos para a Estação 2 – Trauma:

 

Capacitação e Atualização em Atendimento Pré-Hospitalar (50h)

O curso se aprofunda em todos os conceitos e abordagens essenciais para a imobilização, extricação e atendimento à vítima de trauma, incluindo a utilização dos equipamentos e técnicas necessários (colar cervical, KED, Rauteck, Anaconda). Os conhecimentos abaixo, exigidos na prova prática, estão presentes no curso:

  • Teoria e prática da abordagem inicial ao paciente traumatizado (primária e secundária)
  • Imobilização cervical, de membros e da pelve
  • Retirada do capacete
  • Pranchamento em vítima ao solo e em pé
  • Utilização de equipamentos como o colar cervical
  • Manobras de abertura de vias aéreas (ventilação)
  • Contenção de hemorragias externas (a partir da abordagem teórica e prática do atendimento ao trauma)

 Indicação: todos os cargos

 

Capacitação e Atualização em Urgência e Emergência (20h)

Em um momento de emergência, o conhecimento do trauma é imprescindível para uma atuação rápida e segura. Além das técnicas gerais dentro do tema, o curso se aprofunda em especificidades clínicas, como emergências cardiológicas e neurológicas e no atendimento de Particularidades do Trauma, como Tórax e Gestante

  • Teoria e prática da abordagem inicial ao paciente traumatizado (primária e secundária)
  • Manobras de abertura de vias aéreas (ventilação)
  • Avaliação inicial ao paciente clínico (pré e intra hospitalar)

Indicação: todos os cargos

 

Informações sobre as provas práticas

Local: Juiz de Fora, Muriaé e Ubá, com data e endereços a serem publicadas no site

Cargos: Condutor Socorrista, Técnico em Enfermagem, Enfermeiro e Médico

Pontuação: 10 pontos, considerando-se apto todo aquele candidato que atingir o mínimo de 50% (5 pontos)

Duração da prova:    

Condutor Socorrista: 10 minutos

Técnico de Enfermagem: 15 minutos

Enfermeiro e Médico: 20 minutos

 

Atenção: não será permitido ultrapassar esse tempo

 

 

IESPE

IESPE

Posts relacionados

Turma Indisponível We will inform you when the product arrives in stock. Please leave your valid email address below.