O que é mais importante no Estudo de Viabilidade de Empreendimentos?

Conheça os principais elementos do estudo de viabilidade na Arquitetura

O atual ensino de graduação na Arquitetura é insuficiente para preparar a transição do aluno do ambiente acadêmico para o profissional, especialmente se considerarmos o conhecimento sobre a viabilidade de empreendimentos.

Enquanto a sua formação se dá através do “desenho", compreendido como o elemento estruturador do processo do projeto, o jovem profissional carece de uma visão global e posição estratégica nos ambientes de mercado imobiliário e indústria da construção civil a qual pertence.

Enquanto seu foco é a prestação de um serviço técnico qualificado, perde-se facilmente a noção do objetivo comum com os demais players, que é a realização de um produto concreto – um novo bem imóvel. Compreender essa transição do serviço para o produto torna-se essencial para um posicionamento competitivo do arquiteto no mercado de trabalho.

Recursos importantes no estudo de viabilidade

Viabilidade de EmpreendimentosA maioria dos cursos da área se apoiam unicamente nos recursos da Engenharia Econômico-Financeira. Mas o conhecimento que apresento aos meus alunos é totalmente adaptado à formação e demanda dos arquitetos e engenheiros. Dessa forma, são também contemplados aspectos de grande importância, como as análises técnico-legais, ambientais, socioeconômicas e mercadológicas na definição do futuro produto imobiliário. Só então simulamos diferentes cenários de fluxo financeiro de seus diversos integrantes no processo de materialização de um novo empreendimento.

O Estudo de Viabilidade é uma ferramenta essencial para a tomada de decisões na realização dos Empreendimentos Imobiliários.  É importante que o profissional seja empoderado, buscando informações quantitativas e qualitativas que vão fornecer a ele o subsídio prático e teórico na forma de melhores respostas que vão apoiar suas decisões profissionais e de negócio.

Principais tópicos da viabilidade de empreendimentos

A jornada de aprendizado na área deve incluir ampla investigação de fatores de ordem técnica, legal, mercadológica e financeira para nortear o processo cognitivo do profissional. Dessa forma, ele terá a oportunidade de estudar os caminhos para a concepção de um novo empreendimento imobiliário, participando ativamente do processo de definição das suas características essenciais.

Seguem alguns dos fatores mais importantes e que aprofundo nas minhas aulas sobre viabilidade de empreendimentos:

  • Uso, tipologia e quantidade do novo produto;
  • Entender a sensibilidade do mercado imobiliário através da sua demanda e oferta;
  • Pensar sobre as características e sobre o custo do terreno e da tecnologia de construção;
  • Compreender os valores e a dinâmica de venda dos produtos escolhidos;
  • Conhecer as características socioeconômicas e comerciais da região;
  • Assumir a responsabilidade pelo gerenciamento dos processos de forma estruturada e integrada;
  • Estudar como equilibrar a receita com a despesa ao longo da vida de um projeto através da simulação dos seus fluxos de caixa descontados;
  • Tornar-se consciente dos riscos;
  • Aprender como não só obter lucro nesse processo, como também gerar riqueza.

Pós-graduação em Arquitetura IESPE

Quem deve aprender sobre viabilidade de empreendimentos?

O estudo de viabilidade deve ser valorizado por todos envolvidos no processo de concepção, planejamento, produção e comercialização dos empreendimentos imobiliários, como:

  • Projetistas;
  • Construtores;
  • Incorporadores;
  • Corretores,
  • Investidores;
  • Todos aqueles com intuito de empreender no ramo de construção civil e mercado imobiliário ou apenas curiosos pelo tema.

Segmentos que demandam esse conhecimento

Viabilidade de empreendimentosDe modo geral, o Estudo de Viabilidade de Empreendimentos Imobiliários é tradicionalmente demandado pelos setores de:

  • Construção Civil e Incorporação de Empreendimentos Horizontais e Verticais.
  • Empresas Imobiliárias, de Investimento e Engenharia Consultiva;
  • Agentes Financeiros;
  • Cooperativas Habitacionais;
  • Consultores econômico-financeiros e imobiliários,
  • Professores de Disciplinas correlatas;
  • Profissionais e Alunos que lidam ou tem interesse pelo tema.

Capacitação em viabilidade de empreendimentos

A intenção da capacitação em “Viabilidade de Empreendimentos", que faz parte da pós-graduação em Inovação Projetual em Arquitetura, é despertar a curiosidade do aluno e incentivá-lo a pensar sobre o assunto, mas também desde já incorporar a sua prática no dia a dia. Para tal objetivo propõe-se a desconstrução do tema e a inversão da ordem tradicional dos capítulos temáticos. Aplicando o conceito da “engenharia reversa", a ideia é fazer o aluno “descobrir por si só" os princípios e o funcionamento da ferramenta através da análise de sua estrutura, função e operação. Os capítulos, ou melhor,  as dinâmicas, de forma preliminar, seriam as seguintes:

1- Exercícios intuitivos feitos através das dinâmicas de grupos;

2- Orientação no processo através dos exemplos práticos;

3- Análise conjunta de possíveis resultados;

4- Cristalização dos conceitos;

5- Revisão dos resultados através do processo estruturado;

Todos os temas serão expostos de forma interativa, com uso de recursos audiovisuais e técnicas que incentivam a participação e o aprendizado.

Serão apresentados os “cases", aplicados os exercícios e utilizadas as planilhas de modelos que vão auxiliar o aluno na compreensão das análises.

Autor:

Nikola Arsenic
Arquiteto
Graduação em Arquitetura e Urbanismo (Abril de 2006), Universidade Federal de Juiz de Fora. Mestrado em Engenharia Civil na área de Tecnologia de Construção (Fevereiro de 2011), Universidade Federal Fluminense. Arsenic Arquitetos - Abril de 2006 até o presente - Sócio, Diretor Técnico e Comercial. Faculdade de Arquitetura do Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora - Agosto 2006 a Abril 2011 - Professor nas disciplinas de Projeto de Arquitetura e Urbanismo 3, 6 e 8. Faculdade de Arquitetura da Sociedade Mineira de Cultura – CES - Abril de 2011 a Fevereiro de 2015 - Professor nas disciplinas de Projeto de Arquitetura e Urbanismo 3, 6 e 8 Conselho Arquidiocesano de Assuntos Econômicos de Juiz de Fora - Junho de 2005 a Dezembro de 2010 - Membro Técnico do Conselho. VIII Trienal Internacional de Arquitetura – Belgrado/Sérvia - Junho de 2006 - Curador da Seleção de Arquitetos do Brasil.

Pós-graduação em Arquitetura IESPE

Compartilhe!

Deixe um comentário

Cart Item Removed. Undo
  • No products in the cart.
Tem interesse? Clique aqui Insira o seu endereço de e-mail abaixo que entraremos em contato assim que as matrículas forem abertas.
E-mail Não iremos compartilhar o seu endereço de e-mail com ninguém.